As últimas da Konami

Entrevista do presidente da Konami Europa, patente de Silent Hill e TGS 2019. As últimas novidades da Konami para você ficar por dentro da empresa japonesa.
Leonardo Stein Antunes Santos
Publicado em 03/09/2019 14:01

O que falar da Konami, a grande empresa por trás de grandes títulos como as séries Contra, Silent Hill, Metal Gear, PES, Dance Dance Revolution, Suikoden, Castlevania etc? É uma das empresas mais longas do mercado, começando com os arcades nos anos 70, adaptou-se ao boom dos consoles nos anos 90 e lança novidades nos jogos mobile, depois do boom pelos anos 2010.

É certo que muitos fãs se decepcionaram um pouco com ela, visto que ela matou muitas séries favoritas (estamos falando de vocês, Silent Hill e Metal Gear!), abandonou um pouco os consoles e perdeu Hideo Kojima. Não que deixaram os consoles totalmente de lado, claro, mas parece que o foco se perdeu um pouco. Os três pilares da Konami podem ser resumidos em jogos mobile, PES e eSports. Mas não é só disso que a empresa japonesa vive.

Em uma entrevista a GamesIndustry, o presidente da Konami europeia Masami Saso confirmou que ainda os consoles são importantes, sim, e que eles têm algumas coisas trabalhando em cima deles ainda. Ele diz que os “aparelhos” que podemos usar para jogar algo se diversificaram e o número de pessoas que agora podem jogar games aumentou. Ele diz ainda que eles têm trabalhado os seus IPs em diversos aparelhos, como a série PES, em mobile e console, além da série Yu-Gi-Oh em cartas físicas e jogos mobile, a fim de atingir o maior número de pessoas possíveis. Um exemplo é a série PES, que começou forte nos anos 90, mas que, atualmente, ela tem se voltado a uma audiência mais mobile (desde 2017) com mais de 200 milhões de downloads. Ainda assim, a empresa japonesa olha com carinho aos consoles caseiros.

“Mesmo com as novas plataformas saindo, acreditamos que os consoles caseiros são os mais importantes. Nós nos desafiamos a novas tecnologias e ideias nos games de console e aplicamos em outros aparelhos, assim podemos também colocar mais empenho nos consoles. Queremos aumentar nossos portfólios. Em adição as multi plataformas PES e Yu-Gi-Oh, nós temos planos de trabalhar em outros IPs conhecidos mundialmente num futuro muito próximo”. Saso continua dizendo que é parte do seu legado fazer novos IPs e trazer novas ideias com o passar dos anos, adaptando sempre aos novos tempos.

Sobre Silent Hill, o que sabemos, é apenas que Masahiro Ito (que trabalhou em Silent Hill até o The Room) disse que toparia voltar para fazer um novo jogo e que a Konami registrou uma patente com o nome Silent Hill no Canadá em julho desse ano. Ainda que não tenhamos nenhum anúncio, vazamento, pista ou qualquer sinal de fumaça que a série volte (ou que a Team Silent volte), ao menos é um fiapo de esperança aos fãs da série.

Mas, enquanto nada de concreto aparece, podemos conferir o que a empresa tem a apresentar na Tokyo Game Show desse ano (que rola do dia 12 ao dia 15 desse mês). Entre as atrações confirmadas tempos Contra: Rogue Corps, Super Bomberman R, Shovel Knight e muitos outros.

Comentários
Para comentar é necessário estar logado.
04/09/2019 14:13
Maaaan.... Silent Hill... ;( Saudades Silent Hill! Que venha um projeto lindo, por favor!
1
04/09/2019 01:17
Metal Gear era o que restava da Konami... serião.
1
04/09/2019 01:16
Quero mais Silent Hill!
1
04/09/2019 01:16
Não sou grande fã da Konami
1
04/09/2019 01:08
Queremos Silent Hill de volta? Com certeza!