Parceria inusitada: Sony e Microsoft

Mas calma, ainda teremos uma "guerra de consoles". Mas o que essa parceria significa?
Leonardo Stein Antunes Santos
Publicado em 19/05/2019 13:43

Anunciado na quinta-feira dia 16, as duas grandes empresas anunciaram planos para uma parceria de games e serviços, todos na nuvem (ainda que não se mencione os nomes XBox e Playstation, sabe-se que esse serviço será voltado a entretenimento aos consumidores).

Essa parceria inclui o compartilhamento de tecnologia, informação e infraestrutura. Serão utilizados os serviços de nuvem da Microsoft junto com semicondutores e inteligência artificial. A Sony entra, utilizando o Azure da Microsoft (uma plataforma à execução de aplicativos e serviços baseados na computação em nuvem) para seus jogos e streamings e inclui ferramentas para criadores de conteúdo.

Para quem não sabe, o próprio Playstation surgiu de uma parceria entre a Nintendo e a Sony; que não deu certo (a Nintendo planejava uma expansão de CD no seu Super Nintendo. A Sony, tendo desenvolvida o chip de som do SNES foi chamada, mas por questões financeiras, os negócios não deram muito certo). A Sony, então, afiliou-se com a Philips e, aproveitando-se da tecnologia já desenvolvida, reformulou alguns pontos e lançou o Playstation 1 mundialmente em 1995.

Essa solução em nuvem da Microsoft acontece no mesmo momento que ela planeja sua própria plataforma de streaming, a xCloud, que concorre com Google Stadia. Ainda não se sabe como isso pode afetar o Playstation Now, o serviço de streaming da japonesa.

Pode parecer até uma surpresa, mas não vamos esquecer que uma parceria entre elas já existe: os blue-rays, originalmente desenvolvidas pela japonesa, são amplamente utilizadas pela Microsoft para seus jogos.

E aí, o que você acha que pode acontecer? Será que o streaming de jogos, como as 3 empresas planejam fazer, declara o fim de uma era (o fim da mídia física)? Será o fim das prateleiras de jogos? Comente aí embaixo e diga-nos o que você acha!

Fonte: Techtudo
Comentários
Para comentar é necessário estar logado.
Nenhum Comentário Encontrado