Playstation 5, próximas gerações, nuvem

Em entrevista, CEO da Sony, Jim Ryan fala sobre o que o futuro da Playstation e da Sony reservam.
Leonardo Stein Antunes Santos
Publicado em 06/06/2019 16:46

Ainda que a Sony esteja pulando esse ano na E3, não significa que as novidades do console da próxima geração não estejam chegando. Alguns detalhes como uma memória SSD ao invés do HDD (do Playstation 4) e melhores resoluções 4K estão confirmadas, assim como a compatibilidade com os jogos de consoles anteriores também (... ainda que tenhamos visto isso DESDO Playstation 2 e até agora nada).

Em entrevista recente ao site CNET, o CEO da Sony, Jim Ryan deu novos detalhes e lançou algumas luzes sobre novas informações do que está por vir. Entre elas, Ryan disse que a empresa planeja oferecer “cross-generation play”, ou seja, um jogo lançado para o Playstation 4 e para o (nome provisório) Playstation 5 poderá ser jogado pelas duas plataformas juntas, ao mesmo tempo. E ainda o salvamento do jogo: supondo que comece a jogar no Playstation 4, salva o jogo e começa a jogar no próximo console, você começará a jogar de onde parou. 

Jim Ryan é um veterano na Sony, trabalhando lá a 25 anos. Ele começou na Europa em 1994, no lançamento do Playstation 1, e em 2011 se tornou o presidente da Sony Europeia. Apenas recentemente, em fevereiro desse ano, ele foi promovido a CEO. 

Atualmente, a Sony conta com 94 milhões de jogadores ativos, os quais 36 milhões assinam a Playstation Plus, de acordo com Ryan. “A comunidade nunca foi tão grande e tão engajada”, diz ele. “Muitas pessoas que trouxemos para a comunidade, em 2013 [época do lançamento do Playstation 4] ainda estão conosco. E a quantidade de dinheiro e tempo que as pessoas investiram na plataforma é incrível”. 

A Sony ainda tem lançado alguns detalhes bem vagarosamente sobre o sucessor do PS4. Entre esses detalhes, está o carregamento muito mais rápido dos jogos (enquanto uma tela do PS4 demora 8 segundos para carregar, o PS5 demora 0,83s) e um sistema de som muito mais imersivo. E, diferente ainda da sua competidora direta (Microsoft, que contará com jogos apenas em seu HD), a Sony ainda investirá em mídia física para seus jogos. 

Quando perguntado sobre se o PS5 seria o último console físico (no caso do futuro se lançar para jogos em nuvem, como o Stadia), ele diz não saber. “Em 2012 eu ouvia as pessoas comentando que o futuro seria mobile e que o PS4 seria um fracasso completo. A lógica parecia ser a prova de falhas. Mas nós acreditamos no produto naquele tempo e nós acreditamos nessa geração de agora. Quem sabe no que pode evoluir? Modelos híbridos entre consoles e algum tipo de nuvem? Provavelmente isso. Eu simplesmente não sei. E se eu soubesse, eu não diria”. O mais importante para ele e a Sony é que a marca não fique estagnada no tempo. “Quem sabe como o mundo será em 5 anos?”. Ryan não acha uma boa ideia fazer previsões de como as coisas serão daqui pra frente, sendo que no passado não tinha como prever o futuro de hoje. 

Um futuro totalmente novo parece se desenrolar no mundo dos games, com a chegada da nova geração. Muita gente especula que essa será a última em console físico, muitos pensam que ainda haverá consoles por anos a vir (afinal, é legal ter uma maquina na sua TV na sala) e muitos acreditam que algo totalmente diferente e inédito deve aparecer. 

E você? O que acha? Ansioso pelo PS5, Xbox Two/Scarlet, Stadia...? Uma coisa é certa: todos os gamers saem ganhando.

Fonte: CNET
Comentários
Para comentar é necessário estar logado.
Nenhum Comentário Encontrado